Leticia Ichnaz: vidas sinuosas, gestos viscerais

Artista visual, Leticia Ichnaz recorre a diferentes formas de experimentação sensorial para conceber instalações videográficas, performances e fotografias. Natural de Tubarão, atualmente residente em Florianópolis, começou a pensar e praticar a fotografia como arte e autorretrato aos 12 anos de idade. Desde então, vem desenvolvendo seu trabalho artístico sempre tendo imagens como matéria prima.

Sua primeira exposição aconteceu em 2013. A obra de Leticia Ichnaz traduz a transgressão imagética e provocadora que marca a relação da artista com o mundo. É uma tentativa de incitar os espectadores a questionar padrões e referências. Suas personagens são representadas ora de forma lírica, ora como fantasmagorias, ora como elementos em composições abstratas. Corpo, espaço, psique, morte e ocultismo se combinam com influências do surrealismo-fantasia. Seus registros e experimentos documentais mais recentes interagem com animais dissecados-mortos, flanando entre o grotesco e o cotidiano.

“Considero meu trabalho íntimo e intersubjetivo. O que ocorre é que reajo aos estímulos. A arte em mim se dá quase como consequência da atenção que dedico aos pensamentos que se organizam na constituição do meu cotidiano. Permaneço absurdamente interessada no comportamento estrangeiro, me sinto fascinada pelas sinuosidades da vida pela visceralidade dos gestos.”

Contatos da artista

instgram.com/leticiaichnaz/ behance.com/leticiaichnaz leticiaichnaz@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: